Archive for the 'TV' Category



Audiência TV americana – 30/09

As novas sitcoms da ABC, ‘Hank’ e ‘The Middle’, foram apenas ok em suas estreias na emissora, enquanto novos episódios de ‘Modern Family’ e ‘Cougar Town’ se sairam muito bem – apesar da pequena queda em relação as suas premieres.

glee

A ABC fechou a noite em terceiro na demo qualificada (18-49) com seu bloco de duas de comédia. ‘Hank’ fez 2.1 pontos e 8.3 milhões de telespectadores, enquanto ‘The Middle’ foi um pouco melhor: 2.6 pontos e 8.7 milhões. As duas estreias foram inferiores aos números iniciais de ‘Modern Family’ (11.4 milhões e 4.3 pontos) e ‘Cougar Town’ (os mesmos 11.4 e 4.3).

Lembrando ainda, que a crítica recebeu ‘Hank’ com muita frieza e ‘The Middle’ com certo otimismo. Mas em suma, os números são bons, já que as comédias bateram a programação do mesmo horário na CBS: ‘The New Adventures of Old Christine’ fez 6.7 milhões e 1.9 pontos e ‘Gary Unmarried’ ficou com 6.7 milhões e 2.2 pontos.

Já os episódios de ‘Modern Family’ (10.0 milhões e 3.8 pontos) e ‘Cougar Town’ (9.3 milhões e 3.8 pontos) desta semana, tiveram pequena queda: 12% e 18%, respectivamente. A emissora fechou a noite com ‘Eastwick’ perdendo 20% de sua estreia: 6.6 milhões e 2.3 pontos na demo qualificada.

A Fox e a CBS brigaram com força pelo segundo lugar. ‘So You Think You Can Dance’, da Fox, subiu 8%, atingindo 6.8 milhões de telespectadores e 2.7 pontos. É a segunda semana consecutiva em que o programa sobe na audiência. Já ‘Glee’, grande aposta do ano da emissora, não só parou de cair, mas também subiu um pouquinho, fazendo 3.3 pontos e 7.4 milhões de telespectadores.

Já os dramas da CBS tiveram queda considerável: ‘Criminal Minds’ (14.2 milhões e 3.8 pontos) caiu 14%, enquanto ‘CSI: NY’ (13.2 milhões e 3.3 pontos) perdeu 18% de sua audiência. Mesmo com a queda, ‘Criminal Minds’ foi a série mais assistida da noite.

A NBC ficou em quarto lugar exibindo o segundo episódio de ‘Mercy’ (7.4 milhões e 2.1 pontos). ‘Law & Order: SVU’ se manteve firme com 8.5 milhões de telespectadores e 2.5 pontos. A emissora fechou a noite com ‘The Jay Leno Show’ com pequena queda de 5%: 6.1 milhões de telespectadores e 1.9 ponto na demo qualificada.

A CW fechou a noite em último com a exibição de ‘America’s Next Top Model’ fazendo 1.5 ponto e atraindo 3.3 milhões de telespectadores. ‘Melrose Place’ reprisou um episódio fazendo 1.1 milhão e 0.5 ponto na demo.

Vila Sésamo faz paródia de Mad Men

Este talvez seja um dos vídeos mais engraçados dos últimos tempos para os fãs de seriado. É isso mesmo: a Vila Sésamo prestou homenagem ao drama ‘Mad Men’, da AMC, fazendo uma paródia que vai desde a abertura até os conflitos diários da agência Sterling Cooper.

A imitação de Don Draper (Jon Hamm) é impagável! Os produtores falaram um pouco sobre a paródia. Leia aqui.

Número de personagens gays bate recorde na TV aberta americana

Os gays nunca estiveram tão em evidência na mídia: 2009 é o ano com mais personagens homossexuais na história da TV aberta. De acordo com a Gay & Lesbian Alliance Against Defamation, 18 personagens gays ou travestis, serão regulares nos seriados das principais emissoras norte-americanas: um total de 3% de todos os personagens.

gay

Jerrett Barrios, presidente da GLAAD, disse que o aumento é muito importante, considerando que 2008 já havia dobrado o número de homossexuais na TV em relação a 2007. E ainda prova que 2008 não foi um ano atípico, ou seja, a tendência é que o número continua crescendo ano após ano.

A ABC continua na liderança: oito personagens gays. Em segundo lugar a Fox: quatro personagens gays (ano retrasado tinha zero). A NBC fica em terceiro com três e a CW em quarto com dois. Já a CBS foi muito criticada por Barrios por não ter nenhum personagem gay dentro de seus 132 programas.

Os números ainda mostram que a maioria dos gays são homens e que há apenas uma lésbica na TV aberta (Dr. Arizona de ‘Grey’s Anatomy’), além de três bissexuais e nenhum travesti. Barrios ainda aproveitou para elogiar a Fox por tratar tão bem o assunto em ‘Glee’.

Jenny Humphrey vai arrumar um paquera em Gossip Girl

Para os que torciam por mais minutos em cena da irmã mais nova de Dan, interpretada por Taylor Momsen, a espera terminou. Os produtores de ‘Gossip Girl’ confirmaram esta cena que Jenny Humphrey terá um romance na terceira temporada. O ator que fará seu par já foi escolhido: Kevin Zegers (Transamérica), que interpretará Damien, e claro, será um bad boy.

taylor

A dúvida que paira sobre os fãs é a idade do personagem, já que Zegers tem 25 anos e a personagem de Momsen apenas 16. Será que será um amor mais velho ou é apenas o costume tradicional dos americanos de escalar jovens adultos para o papel de adolescentes?

Remake de The Prisoner já tem data de estreia

O AMC, canal-coqueluxe que exibe ‘Mad Men’ e ‘Breaking Bad’, dois sucessos de crítica, está em vias finais da pré-produção de ‘The Prisoner’, remake da série cult dos anos 1960.  A estreia está prevista para 15 de novembro e a intenção do canal a cabo é exibir o programa, apresentado como minissérie, por três noites seguidas com episódios de duas horas de duração.

prisoner

No elenco estão Jim Caviezel no papel principal e Sir Ian McKellen como o famoso Número 2. Ruth Wilson, Hayley Atwell, Jamie Campbell-Bower e Lennie James também estão no elenco.

O roteiro da mini foi escrito por Bill Gallagher e a direção ficou a cargo de Nick Hurran. A distribuição mundial do show é responsabilidade da Granada Intl.

Para quem nunca assistiu a série original, que é uma produção britânica, o AMC disponibiliza os 17 episódios produzidos em seu site oficial.

Audiência TV americana – 29/09

A CBS comandou pela segunda vez consecutiva a noite de terça-feira com seus dramas procedurais mostrando muita força. ‘NCIS’ (20.6 milhões de telespectadores e 4.6 pontos na demo) perdeu apenas 4% em relação a sua audiência de estreia na demo qualificada e atingiu a maior audiência da história em número de telespectadores. ‘NCIS: Los Angeles’ teve queda de 7% alcançando ótimos 17.4 milhões de telespectadores e 4.1 pontos na demo. E fica melhor: a série conseguiu reter 93% da audiência de sua antecessora.

goodwife

Outra boa notícia para a CBS foi a audiência de ‘The Good Wife’: apesar de ter sido a menor da noite da emissora, manteve a ótima audiência da semana passada atingindo 13.4 milhões de telespectadores e 3.1 pontos. Isso sem falar nas inúmeras críticas positivas que o segundo episódio recebeu da mídia especializada.

A NBC fechou a noite com um bom segundo lugar exibindo um episódio duplo de ‘Biggest Loser’ (9.1 milhões de telespectadores e 3.6 pontos) e ‘The Jay Leno Show’ (6.6 milhões de telespectadores e 2.3 pontos), que bateu a exibição de ‘The Forgotten’ no mesmo horário na ABC (7.5 milhões de telespectadores e 2.0 pontos na demo).

Em terceiro veio a Fox. ‘Hells Kitchen’ se manteve estável em relação a semana passada com 6.5 milhões de telespectadores e 3.1 pontos. ‘So You Think You Can Dance’ (5.3 milhões e 2.4 pontos) continuou incomodando ‘Dancing With the Stars’ (12.5 milhões e 2.6 pontos) da ABC. Enquanto o primeiro programa teve queda de 4% em relação a semana passada, o segundo teve queda de 26%.

A ABC ficou apenas em quarto exibindo ‘Shark Tank’ (5.3 milhões e 1.5 ponto na demo) seguido de ‘Dancing With the Stars’ e ‘The Forgotten’.

A lanterna da noite foi pra CW, claro. ‘90210’ fez 2.5 milhões de telespectadores e 1.2 ponto na demo enquanto ‘Melrose Place’ fechou com 1.5 milhão e 0.8 ponto.

Matt LeBlanc vai estrelar comédia Episodes na Showtime como ele mesmo

Matt LeBlanc está voltando para a televisão. Visto pela última vez em ‘Joey’, spin-off de ‘Friends’, o ator protagonizará nova comédia do Showtime em parceria com a BBC, criada por David Crane e Jeffrey Klarik (‘The Class’ e ‘Mad About You’).

matt

A série focará em casal britânico que possui um seriado de sucesso que é adaptado para versão americana. O diferencial aqui é que LeBlanc interpretará ele mesmo.

O ator, de 42 anos, disse estar muito feliz de estar envolvido com o projeto. Os criadores ainda não liberaram muitas informações sobre o piloto, mas pode-se esperar muito cenas de bastidores do programa dentro do seriado. A estreia deve acontecer na fall season de 2010.

Fãs criam petição contra cancelamento de The Beautiful Life

Os fãs de ‘The Beautiful Life’, série recém cancelada pela The CW se organizaram e criaram uma petição on-line contra o cancelamento da série e pedindo que a emissora reconsidere a decisão. A petição já reuniu até aqui mais de 13 mil assinaturas.

beautifullife

A série foi cancelada após a exibição de apenas dois episódios, que em média, atrairam apenas um milhão de pessoas e fizeram menos de 1.0 ponto na demo qualificada 18-49.

O cancelamento prematuro fez outras vítimas além dos fãs: a atriz Ashley Madekwe mudou-se de Nova York para Los Angeles para participar da série e relatou em seu blog que fechou um contrato de seis meses de aluguel com sua locatária e agora está desempregada.

CBS prepara spinoff de Criminal Minds

Agora é certo: o spinoff de ‘Criminal Minds’ sairá do papel até o final do ano. A CBS prepara terreno para o novo programa que será criador por Ed Bernero e terá Chris Mundy como produtor executivo e encarregado de escrever o piloto, que deve ir ao ar como um episódio de ‘Criminal Minds’ na primavera.

Assim como a série original, o show derivado será produzido pela ABC Studios, Mark Gordon Co. e CBS Studios. Os detalhes ainda são escassos, mas é esperado que a equipe nova de profilers seja totalmente nova, sem nenhum membro do elenco da original.

CRIMINAL MINDS

As conversas para tornar ‘Criminal Minds’ em uma franquia começaram a mais de um ano atrás, mas a CBS preferiu focar primeiro no spinoff de ‘NCIS’, que estreou semana passada na emissora como o drama mais assistido da fall season: 18.7 milhões de telespectadores e 4.4 pontos na demo qualificada 18-49.

‘Criminal Minds’ também voltou em alta com 15.8 milhões de telespectadores e os mesmos 4.4 pontos na demo.

Showrunner de Cold Case fecha acordo com Warner Bros TV

Greg Plageman, showrunner e produtor executivo de ‘Cold Case’, fechou novo acordo de dois anos com a Warner Bros TV. Plageman continuará cuidando da série veterana da CBS e começará a se dedicar também a novos projetos.

COLD CASE

Esta é a quarta temporada de ‘Cold Case’ comandada por Plageman em parceria com Jerry Bruckheimer, a CBS Studios e a própria Warner. O produtor começou sua carreira comandando três anos da finada ‘NYPD Blue’ pra ABC, depois ‘Law & Order’ pra NBC.

‘Cold Case’ voltou esta semana com sua sétima temporada.

Stephen King prepara retorno à TV

O rei dos livros de terror está voltando para a telinha. Stephen King acaba de assinar contrato com o estúdio E1 para produzir um piloto de uma hora de duração baseado em seu livro ‘The Colorado Kid’.

Entitulado de ‘Heaven’, o roteiro fala sobre uma cidadezinha do interior de Maine onde os habitantes vivem sossegados e em paz. Mortes misterioras começam a acontecer e a polícia local pede ajuda ao FBI, que envia o agente Audrey Parker.

coloradokid

A equipe por trás da produção é velha conhecida dos fãs de King: a emissora é a USA, a mesma que por anos abrigou o drama sobrenatural ‘The Dead Zone’, e Scott Shepherd será o showrunner e produtor executivo, ao lado de Lloyd Segan e Shawn Piller. Os três trabalhavam na produção de ‘The Dead Zone’.

Outros dois nomes da série cancelada em 2008 estão de volta: os roteirista Sam Ernst e Jim Dunn, responsáveis pelo roteiro do piloto – e também serão produtores executivos.

O E1 já se comprometeu a produzir 13 episódios de ‘Heaven’ e está em constantes negociações com emissoras europeis em busca de ajuda financeira para a produção.

‘The Colorado Kid’ foi publicado pela primeira vez em 2005 e a adaptação foi inicialmente planejada para ser uma série da temporada 2008-2009 na ABC. Recentes adaptações do trabalho de Stephen King para a televisão, incluem: ‘Desperation’, ‘Children of the Corn’ e ‘Salem’s Lot’.

Top 30 momentos nonsense da TV em setembro

O Zap2It fez uma lista com os 30 momentos mais nonsense da TV norte-americana no mês de setembro.

49519675

De Seth MacFarlane em ‘FlashForward’ à Courteney Cox em ‘Cougar Town’ brincando com sua pele recém-arrancada na vida real. Confira a lista completa aqui.

Roteirista de Lost e Six Feet Under prepara nova série para a CBS

Craig Wright, criador de ‘Dirty Sexy Money’, se uniu ao produtor Mark Burnett para criar um novo projeto para a CBS.

Ainda sem título, o piloto, escrito por Wright, será produzido pela Sony Pictures TV e fala sobre um advogado que após um acidente de carro quase fatal, recebe uma segunda chance do fantasma de sua ex-mulher.

O roteirista também está atrelado a produção, ao lado de Burnett e sua mulher, Roma Downey. O acordo com a CBS possui uma multa com grande compensação financeira caso o piloto não se transforme em seriado.

Para quem não é familiarizado com Craig Wright, foi roteirista de ‘Lost’ e ‘Six Feet Under’, ganhando um WGA Award pela primeira e um Emmy pela segunda. Wright também foi produtor executivo de ‘Brothers & Sisters’, drama da ABC.

Dexter e Californication voltam com audiências históricas

Os executivos da Showtime devem estar soltando fogos. A quarta temporada de ‘Dexter’ estreou com a maior audiência da história da série: 1.5 milhão de telespectadores. Quando comparada a última season premiere, esta teve um crescimento de 25%. Como se já não fosse ótimo, foi o programa mais assistido do canal desde 2004.

californication

Já a season premiere de ‘Californication’ atingiu 821 mil pessoas, audiência 57% maior que a estréia da temporada passada. Pode parecer pouco, mas é um número alto para a série, que tem um público muito mais segmentado que a primeira.

E se somarmos a reprise do episódio que foi ao ar no mesmo dia, algumas horas depois, esta audiência cresce para 1.2 milhão de pessoas – enquanto a de ‘Dexter’ vai para 1.9 milhão.

Séries de TV mais populares têm comerciais menos assistidos

O NYT fez uma matéria muito relevante para anunciantes: segundo o TiVo, as séries de TV mais populares da TV aberta norte-americana têm os comerciais menos assistidos.

Segundo a empresa, praticamente todos os vencedores do Emmy 2009 mostraram comerciais com maiores níveis de rejeição que as séries menos populares. A única exceção é a comédia ’30 Rock’: 64%¨da audiência pula os comerciais, enquanto 66% não se importa em assisti-los.

Porém, a NBC possui uma estratégia de marketing inteligente que talvez justifique estes números: a emissora usa as estrelas de seus programas nos comerciais. Desta forma, o telespectadores assiste a um comercial da American Express com Tina Fey elogiando o cartão e muitas vezes acredita que ainda está assistindo ao seriado.

Todd Juenger, vice-presidente de pesquisa de audiência e medição, ainda sugeriu que as pessoas que assistem a programas de maior popularidade, os hits, têm maior tendência a pular os comerciais, pois estão mais entretidos com o show. Em contraste a isto, Juenger completou dizendo que pessoas assistindo a programas que não os interessa tanto pulam menos os comerciais, já que encontram ali outra oportunidade de entretenimento.

ABC deve dividir V em duas partes

Por problemas na grade e estratégica de marketing, a ABC anunciou que dividirá ‘V’ em duas partes: a series premiere vai ao ar no dia 3 de novembro na emissora, seguida de outros três episódios nas três semanas seguintes.

V

Já o restante da série, os outros 9 episódios, ou 21, caso a ABC renove o show para temporada completa, só deve ir ao ar na primavera americana, ou seja, em março.

Também foi anunciado que um grande cliffhanger é esperado ao final destes quatro episódios iniciais.

As maiores audiências do ano

A alegria parece tomar conta dos executivos dos canais abertos da tv norte-americana. O motivo é a comparação da audiência de seus canais com a mesma época no ano passado: é fato, as pessoas estão vendo mais TV.

TOP 5 das maiores audiências deste ano:

#1 NBC – The Jay Leno Show:  5.3/14
#2 FOX – The Cleveland Show:  4.9/12
#3 CBS – NCIS LA:  4.4/11
#4 ABC – Cougar Town: 4.4/11
#5 ABC – Modern Family:  4.2/11

‘The Jay Leno Show’ foi o programa mais assistido do ano até aqui com 14 milhões de telespectadores e 5.3 pontos na demo qualificada 18-49.

Em segundo lugar, ‘The Cleveland Show’, nova animação da Fox, com 12 milhões de telespectadores e 4.4 pontos.

‘NCIS LA’ ficou em terceiro com 11 milhões de telespectadores e 4.4 pontos na demo.

Em quarto, ‘Cougar Town’, nova comédia de Courteney Cox, com os mesmos 11 milhões de telespectadores e os mesmos 4.4 pontos.

A quinta série mais assistida da fall season até aqui, foi ‘Modern Family’, com 11 milhões de telespectadores e 4.2 pontos na demo.

TOP 5 das maiores audiências do ano passado:

#1 CBS - Worst Week: 3.8/8
#2 CBS – The Mentalist: 3.5/9
#3 FOX - Hole in the Wall: 3.5/10
#4 FOX – Fringe: 3.2/9
#5 NBC – Knight Rider: 2.5/7

Em primeiro lugar ano passado, ficou ‘Worst Week’ com 8 milhões de telespectadores e 3.8 pontos na demo qualificada.

Em segundo lugar, ‘The Mentalist’, hit da última temporada, com 9 milhões de telespectadores e 3.5 pontos.

‘Hole in the Wall’, agora imitado pelo Faustão, alcançou 10 milhões de telespectadores e fez 3.5 pontos na demo.

‘Fringe’, a então tão aguardada nova série de JJ Abrams, foi a quarta colocada com 9 milhões de telespectadores e 3.2 pontos.

Em quinto, ‘Knight Rider’ (pois é), com 7 milhões de telespectadores e 2.5 pontos na demo.

The Good Wife e o fascínio pela humilhação pública

O prólogo de ‘The Good Wife’, novo drama da CBS, possui uma das melhores sequências da TV aberta nos últimos anos: Alicia e Peter Florrick, de mãos dadas, atrás de uma porta. Do outro lado desta porta, milhares de jornalistas esperam por uma coletiva de Peter (interpretado por Chris Noth, o Mr. Big de ‘Sex And the City’), político do estado de Illinois acusado de desviar dinheiro público e flagrado em câmera praticando sexo com prostitutas. A cena inteira tem como trilha sonora a batida violenta do coração de Alicia, magistralmente interpretada por Julianna Margulies, a boa esposa que dá título ao seriado.

thegoodwife

Com constantes revelações de escândalos políticos nos Estados Unidos, ‘The Good Wife’ não poderia ter vindo em melhor hora. Além de preencher um espaço vazio que outrora já foi de séries como ‘The West Wing’, ‘Spin City’ e até ‘Commander in Chief’, a série tem uma áurea “‘Damages’ para tv aberta”, ou seja, uma trama complexa mas com menos reviravoltas e sem flashbacks.

O piloto avança seis meses. Após a prisão de Peter, que sempre que possível alega inocência – pelo menos no que se refere as acusações de desvio de dinheiro público -, Alicia é obrigada a enfrentar o papel de chefe da família, retomando sua carreira de advogada, a qual não exercia há 13 anos, tempo dedicado exclusivamente aos filhos e ao marido. Ela é contratada por uma grande firma de advocacia, onde se torna uma associada-junior e sofre com os maltratos da única sócia do sexo feminino da firma: Diane, em ótima interpretação de Christine Baranski. Alicia é quase uma figura pública e sua chegada na firma se torna conversa de corredor, mas como diz Diane em determinado momento do piloto, apontando para uma foto sua com Hilary Clinton: “Se ela consegue, você consegue”.

A protagonista é logo designada para um caso praticamente perdido pela firma por falta de novas testemunhas a favor do acusado. Enquanto corre contra o tempo para provar que é capaz de dar um novo rumo ao julgamento, ela precisa se preocupar com o jovem Cary Agos (Matt Czuchry, o Logan de ‘Gilmore Girls’), outro novo associado-junior da firma, que disputa com ela um único cargo de sócio que será aberto pela firma alguns meses dalí, além de sofrer nas mãos de juízes e promotores, muitos deles inimigos de seu marido.

Fora do trabalho, Alicia ainda tem sua sogra que agora cuida de seus filhos (Grace e Zach) e a desilusão de Peter, que acredita que uma apelação de seu caso esteja muito próxima de acontecer. Ao mesmo tempo em que demonstra o mínimo de compaixão indo visitar seu marido na cadeia, a interpretação de Margulies passa a imagem de uma mulher segura, que sim, decidiu permanecer ao lado de seu marido, mas é tão fria e tão distante que sua raiva se torna clara ao dizer para Peter que está pouco se lixando para sua apelação, enquanto circula na Internet um vídeo dele chupando os dedos de uma prostituta.

O perigo de uma série como ‘The Good Wife’ é justamente sua superioridade intelectual perante ao básico da programação aberta. Mas os criadores, Robert e Michelle King (marido e mulher), parecem buscar um balanço pleno entre o drama serializado de uma mulher traida e humilhada, e a história de uma mulher com um novo emprego disposta a dar a volta por cima. ‘The Good Wife’ não possui um grande mistério que demorará toda uma temporada para se desvendar, o que ajuda a criar mais facilmente uma base de telespectadores – um público menos exigente que busca apenas entretenimento. O fato de ser um show com boa publicidade e ser exibido pela CBS ajuda muito, já que qualquer arroz com feijão na emissora, quando bem trabalhado, logo torna-se um hit.

Audiência TV americana – 27/09

Levante a mão o desenho animado que está subindo na audiência! Calma lá, ‘The Simpsons’, você não! A noite de domingo na TV norte-americana foi marcada pela ótima audiência de ‘The Cleveland Show’, nova animação da Fox, a season premiere de ‘Desperate Housewives’ em queda, e a décima quinta edição do reality show ‘Amazing Race’.

cleveland

O ‘Sunday Night Football’ da NBC ganhou a noite com 14.1 milhões de telespectadores e 5.6 pontos na demo qualificada 18-49.

O segundo lugar ficou com a Fox que mandou bem na demo qualificada. Todas as animações do canal tiveram aumento na audiência em relação ao ano passado, menos ‘The Simpsons’ (8.2 milhões de telespectadores e 4.2 pontos) que caiu 7%. A estréia de ‘The Cleveland Show’ (9.4 milhões e 4.9 pontos – nova animação do criador de ‘American Dad’ e ‘Family Guy’) subiu ótimos 44% em comparação a exibição de ‘King of the Kill’ no mesmo horário ano passado, enquanto ‘Family Guy’ (10.2 milhões e 5.2 pontos) também cresceu 16%. Já ‘American Dad’, fez 3.6 pontos na demo e atingiu 7.1 milhões de telespectadores, com um crescimento de 13%.

A CBS fechou a noite em terceiro lugar. ’60 Minutes’ fez 11.7 milhões de telespectadores com 3.3 pontos, ‘Amazing Race’ fez 9.2 milhões com 3.2 pontos na demo e ‘Cold Case’ fechou a noite da emissora com 1.9 ponto e 8.4 milhões de telespectadores: uma queda de 30%.

Por incrível que pareça, mesmo com quatro premiere, incluindo a volta de ‘Desperate Housewives’, a ABC fechou a noite em último lugar. ‘Extreme Makeover: Home Edition’ fez 7.3 milhões de telespectadores na primeira hora e 10.5 milhões na segunda, com 2.1 e 3.1 pontos, respectivamente – a última hora teve queda de 16% em relação a temporada passada.

Já ‘Desperate Housewives’ voltou com uma grande queda de 37% em relação a premiere do ano passado, mas seus números ainda são sólidos: 13.2 milhões de telespectadores e 4.5 pontos na demo qualificada. ‘Brothers & Sisters’ fechou a noite da emissora com queda de 35%: 9.3 milhões de telespectadores e 3.0 pontos. Os números das premieres de ambos os shows são os menores na história das séries.

A&E cancela The Cleaner

O cabo norte-americano A&E cancelou a série ‘The Cleaner’. A emissora optou por não renovar o rehab-drama estrelado por Benjamin Bratt, uma espécie de ‘My Name is Earl’ mais pesado e dramático.

cleaner

Outra série cancelada pelo canal foi o drama policial ‘The Beast’. Mesmo elogiada pela crítica, a produção teve que ser interrompida após a morte do ator Patrick Swayze, protagonista do seriado.

‘The Cleaner’ teve duas temporadas completas de 13 episódios.


Editor


Pedro Beck é jornalista e crítico de TV.


Contato:
pedrobeck@gmail.com

Categorias


Follow

Get every new post delivered to your Inbox.