Arrested Development

Em 2003, um sujeito chamado Mitchell Hurwitz criou o que seria a melhor série de comédia já existente. Não é apenas minha opinião, é senso comum. Você já viu AD? Espero que sim.

Ao longo de três temporadas, Arrested nos apresentou o dia a dia dos Bluth, uma família disfuncional que precisa a aprender a gastar menos depois que patriarca, George Bluth, é preso por corrupção.

arrested_development_cast

Os personagens são maravilhosamente construidos. Temos os quatro filhos: Michael, Lindsay, Gob e Buster. O primeiro, é o único “normal” da família, aquele que assumirá os negócios e tentará – na maioria das vezes em vão – manter todos unidos. Já Lindsay, é casada com Tobias, mas vive a procura novos romances fora de seu casamento. Gob, o primogênito, talvez o personagem mais engraçado da série, é um mágico ilusionista, recentemente expulso da Aliança dos Ilusionistas, que ele mesmo criou. E Buster, o filho mais novo, que sempre ficou debaixo das asas de sua mãe e por isso, não possui nenhum tipo de habilidade social e ocasionalmente, sofre ataques de pânico.

Lindsay é casada com Tobias. Se uma expressão denominasse Tobias, esta seria “never-nude”. Como diz o próprio narrador da série – que no caso é o Ron Howard, que além de narrar também é produtor executivo -, a expressão é exatamente o que você imaginou. Tobias não consegue ficar nu e por isso, quando deveria estar pelado, está com um mini shortinho jeans desfiado. Michael possui um filho: George Michael. E Lindsay e Tobias possuem uma filha: Maybe. Sim, o nome da menina é Maybe. George Michael é apaixonado por Maybe, sua prima.

Por fim, temos Lucille, uma espécie de Benjamin Linus das comédias. Ela é tão manipuladora que sempre consegue colocar seus filhos um contra o outro e desde pequeno, os convence de coisas absurdas como quando diz a Lindsay que não tem problema comprar uma garrafa de vinho e bebe-la logo de manhã, pois o vinho só se torna alcoolico, após anos guardado.

Apesar de cult, a série conseguiu chamar atenção na cultura pop criando e viralizando diversas cenas e situações que até hoje são muito lembradas em sites como YouTube. Uma delas, é a Chicken Dance, onde os membros da família faziam uma dança RIDÍCULA: http://migre.me/1RWX. Escrevendo “chicken dance” no YouTube, você acha diversas impressões diferentes de fãs da série. Outro vídeo memorável é o que apresenta o advogado da família Bob LobLaw, nome que quando falado rápido, soa como BlaBlaBla: http://migre.me/1RXh. Sem falar no show de truques ilusão de Gob: http://migre.me/1RXm.

Arrested nunca teve a audiência que merecia, mas em suas três anos, teve o apoio incondicional não só dos críticos, mas também da FOX, emissora que exibia a série e odiada por muita gente por ter tirado o programa do ar. Na época, mesmo com audiências pífias, a FOX fez o que pode e deu o suporte necessário para que três temporadas fossem ao ar. Arrested ganhou diversos prêmios, incluindo o de Melhor Comédia no Globo de Ouro e o prêmio “Futuro Clássico” da TV Land.

Há alguns anos corre a notícia de que a série teria sua versão cinematográfica. Pois semana passada, o site Zap2It lançou a informação de que as filmagens já estariam rolando na Madison Square, em Nova York. Porém, uma fonte do site afirma que a informação não é verdadeira e que o roteiro do filme, ainda nem foi finalizado. Mas uma coisa é fato: o filme VAI acontecer.

Vá atrás da série, você vai me agradecer. E para os que já viram, revejam! Eu revejo todo ano e faz bem para a alma!

0 Responses to “Arrested Development”



  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




Editor


Pedro Beck é jornalista e crítico de TV.


Contato:
pedrobeck@gmail.com

Categorias


%d bloggers like this: