Posts Tagged 'dexter morgan'

Dexxxter: até serial killer ganha versão pornô

Dexxxter é a nova versão pornográfica para um hit da televisão, no caso a série Dexter, sobre o assassino em série de assassinos em série.

dexxxter

Na versão pornográfica, Dexter Morgan (Michael C. Hall) ganha uma versão feminina. Na “história”, Dexxxter Whoregan (Nikki Rhodes) é uma investigadora de Miami (EUA) que sempre acaba envolvida em tramas violentas e sexy. As estrelas do cinema adulto Lexi Belle, McKenzie Sweets, Kya Tropic e Lynx participam do filme.

As paródias são consideradas um subgênero de sucesso da indústria pornográfica. Recentemente, a produtora New Sensations lnaçou versões pornográficas de ’30 Rock’, ‘Friends’, ‘Seinfeld’, ‘Scrubs’ e ‘The Office’.

A Hustler aproveitou a onda e prepara as sequências de suas versões picantes para séries clássicas. Entre os títulos estão ‘Star Trek’, ‘I Love Lucy’, ‘The Cosby Show’, ‘A Família Sol-Lá-Si-Dó’ e ‘Happy Days’.

Além disso, a produtora de Larry Flynt produzirá um pornô baseado no reality show ‘Hell’s Kitchen’. Só mesmo uma mente muito criativa para pensar em algo assim.

Notícia reproduzida do blog Poltrona.TV.

Advertisements

Dexter – Quarta temporada

O começo das temporadas de Dexter sempre demoram a alcançar a quinta marcha. A season premiere da quarta temporada não é diferente: há elementos muito bregas – tipo o ‘tonight is the night’ -, tem voice over DEMAIS com os pensamentos do protagonista e tem o mesmo problema desde que a série foi ao pela primeira vez: os personagens secundários.

Os personagens secundários, o elenco de apoio e os atores e atrizes que vivem estes núcleos são fracos demais. Debra continua naquele namoro insuportável com o negão, Angel e LaGuerta estão se pegando. Por que? Porque os roteiristas não acharam o que fazer com personagens tão chatos e sem profundidade.

dexter2

Já a nova fase de nosso anti-herói, pai de uma criança pentelha que não dorme nunca, tomou boa parte da season premiere, ofuscando um pouco do que pode vir pela frente, mas explicando bem o que Dexter fez entre uma temporada e outra: porra nenhuma. Apenas ficou cuidando de seu filho, de Rita e trabalhando – ou seja, pouco tempo para matar.

E qual é o grande plot desta temporada? Não ficou claro. Landy, o agente do FBI, voltou. Parece que temos um novo serial killer. Mas toda temporada é isso? Dexter vs. um serial killer? Lembrei de Fringe, onde todos as merdas que acontecem na série tem algo a ver com o passado de Walter. Legal, mas cansa.

Prova de que o episódio foi meio boring, meio sonolento, é a cena final onde acontece um fato totalmente isolado: é a melhor cena da season premiere, e ajuda a entender um pouco o caminho que a série pretende seguir nesta temporada – independente de ser o caminho certo ou não.

Vale salientar ainda que a terceira temporada da série foi a mais fraca das três iniciais e que esta quarta parece manter o nível da última: regular, altos e baixos, nitidamente abaixo das duas primeiras.


Editor


Pedro Beck é jornalista e crítico de TV.


Contato:
pedrobeck@gmail.com

Categorias